Jéssica Daiane Kempfer, aluna do curso de Comércio Exterior da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), foi uma das vencedoras do Concurso em 2017. O projeto vencedor da Jéssica, intitulado “Eu Falo”, é um aplicativo de comunicação e aprendizagem alternativas para pessoas com deficiência na fala. Saiba mais sobre a trajetória de Jéssica no Concurso, que teve a coordenação do professor Waldemar Fernando Mello Martins.

O que aconteceu depois da sua participação no Concurso do Sebrae?
Jéssica: A repercussão de ganhar o Concurso do Sebrae é muito interessante. Várias pessoas, jornais e televisão entraram em contato para saber mais sobre o projeto, eu até fui convidada para contribuir com a minha história para um livro que está em andamento e eu espero que dê certo.

Qual foi a etapa do Concurso que você mais aproveitou? Por quê?
Jéssica: Acredito que a etapa de validação com o cliente. Conhecer melhor o perfil do cliente, suas dores e ganhos contribuíram muito para o aperfeiçoamento da ideia.

Conte um pouco sobre a sua ideia de negócio inovador? O que inspirou você a inovar neste caminho/mercado? O que inspirou você a inovar neste caminho ou mercado?
Jéssica: Numa situação casual de reencontro de amigos que não se viam há muito tempo, conversando sobre família, estudos e trabalho, minha prima, que era segunda professora na rede pública de ensino, relatou a dificuldade de comunicação com o seu aluno que possui dificuldade na fala, sequela da paralisia cerebral, comentou como muitas vezes o processo de ensino se tornava difícil e lento, pois era custoso entender o que o estudante queria dizer. Depois desta conversa, pensei na situação dos dois lados, aluno e professor, e pesquisas sobre outras doenças que causam a mesma sequela e percebi como essa dificuldade atinge um grande número de pessoas, e como o desenvolvimento educacional, pessoal e social é afetado pela função básica da vida humana, a comunicação. Diante disso, surgiu a ideia do aplicativo Eu Falo, um aplicativo de comunicação e aprendizagem alternativa para pessoas com deficiência na fala, com um baixo custo.

O pitch de Jéssica foi o único vencedor na área social. E assim como Jéssica, seu orientador também venceu a categoria professor e foi contemplado com a viagem para o Vale do Silício com tudo pago.

Você tem planos de viabilizar a ideia de negócio que foi uma das vencedoras do Concurso 2016, ou já viabilizou? Se já viabilizou, conte os detalhes de como foram os primeiros passos.
Jéssica: No momento tive que focar em outros objetivos, mas reavaliarei futuramente para quem sabe viabilizar.

Qual foi a experiência/aprendizado mais marcante da sua viagem ao Vale do Silício?
Jéssica: A cultura e o ambiente de inovação do Vale do Silício são muito inspiradores. Há muitos aprendizados que vou levar para a vida, acredito que o mais marcante seja o entendimento de que não é preciso se preocupar tanto em falhar, e sim, em compartilhar a sua ideia com as pessoas certas, para que ela possa ser aprimorada e testada, a fim de torná-la um negócio ou verificar logo se ela não tem tanto potencial para não perder tempo. Caso não dê certo, deve somar o aprendizado e as relações construídas e partir para a próxima, afinal você só precisa acertar uma vez para ter sucesso.

Quais seus próximos planos no mundo do empreendedorismo?
Jéssica: A participação no Concurso fomenta o olhar empreendedor, que busca identificar oportunidades de negócio em qualquer lugar ou situação, isso também foi visto no Vale do Silício e é algo que vou levar para a vida toda. Perceber oportunidades e implantar no dia a dia os aprendizados e as metodologias de deram certo nas empresas do Vale, tornando o negócio mais inovador e competitivo.

Deixe uma mensagem para os participantes do Concurso de 2018!
Jéssica: O acadêmico que participar do Concurso só tem a ganhar, pois a experiência e o aprendizado adquiridos durante o processo, contribuirão para diversas situações da vida, seja na universidade, no trabalho e no mundo do empreendedorismo. E além do conhecimento compartilhado, poderá conquistar uma viagem para o Vale do Silício que com certeza será uma das melhores viagens da sua vida.

A Jéssica simplesmente arrasou! Aproveite o prazo de inscrições prorrogado até dia 17/06 e desenvolva o seu talento empreendedor nesta edição do Concurso.