Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre o Pedro Henrique Martins Goes, que venceu a edição anterior do Concurso, em 2017. Pedro Henrique conta que viveu grandes momentos ao desenvolver a sua ideia de negócio inovador e super aproveitou a viagem técnica ao Vale do Silício. Leia na íntegra:

O que aconteceu depois da sua participação no Concurso do Sebrae?
Pedro Henrique: Depois da participação no concurso, encerrei minhas atividades acadêmicas na UDESC e comecei a trabalhar na Meetime, em Florianópolis. Sou o primeiro colaborador do time de Customer Success, responsável por construir a área e garantir a entrega de valor aos clientes da empresa.

Qual foi a etapa do Concurso que você mais aproveitou? Por quê?
Pedro Henrique: A parte final foi a mais proveitosa para mim, poder consolidar o aprendizado e apresentá-lo em uma competição junto a outros participantes e ideias fantásticas foi uma experiência muito inspiradora.

Conte um pouco sobre a sua ideia de negócio inovador? O que inspirou você a inovar neste caminho/mercado?
Pedro Henrique: A Meu Cliente é uma solução para empresas avaliarem a experiência que seus clientes têm tido com sua marca e produtos. A ideia apresentada no Concurso é decorrente de uma experiência empreendendo na própria, contudo em um mercado diferente. A partir dos aprendizados e “cabeçadas” dados na vivência real, percebemos que só faria sentido uma solução como a nossa, caso fossemos “up market” mirando em grandes empresas prestadoras de serviço, as quais veem valor na obtenção de informações sobre a satisfação dos clientes e têm equipes para trabalharem em cima disso.

Chegou a apresentar o seu pitch de negócio para algum potencial investidor ou aceleradora? Conta pra gente!
Pedro Henrique: Havia apresentado em formato similar para algumas aceleradoras. Sempre uma experiência incrível.

Assista os grandes momentos da viagem técnica ao Vale do Silício no ano passado. O Pedro Henrique realmente curtiu cada segundo! 

Qual foi a experiência/aprendizado mais marcante da sua viagem ao Vale do Silício?
Pedro Henrique: Ver a força de um ecossistema na prática foi muito importante. Sei que aqui em Florianópolis e também em Joinville têm se desenvolvido ecossistemas de inovação muito fortes e ir ao Vale foi a confirmação da importância de que ter diversas instituições, como universidades, iniciativa privada, pública, startups, fundos e aceleradoras, trabalhando em conjunto é o caminho para inovação de sucesso.

Deixe uma mensagem para os participantes do Concurso de 2018!
Pedro Henrique: Todo esforço e horas dedicadas ao Concurso são extremamente recompensadas. Isso porque os ensinamentos são para você. Independente de ganhar ou não, a jornada na participação é, por si só, um grande prêmio. Se o trabalho puder ser recompensado também com a viagem ao Vale, aí não tem nem o que falar! Aproveitem essa oportunidade de aprender concorrendo uma ida à Califórnia! Espero que ajude a fomentar novas participações!

A experiência do Pedro Henrique inspirou você? Então corre e se inscreve!