Com apoio do SEBRAE, a Federação de Empresas Juniores de Santa Catarina(FEJESC) rodou o estado fomentando o empreendedorismo jovem.

No dia primeiro de março, oito jovens partiram, de Florianópolis para uma viagem inovadora. Com o intuito de fomentar o empreendedorismo jovem em Santa Catarina, por meio do Movimento Empresa Júnior, os jovens aceitaram o desafio de viver em um Motorhome, por dez dias, percorrendo 2000 quilômetros para conhecer a realidade empreendedora de Santa Catarina. Com o intuito inicial de impactar aproximadamente 250 pessoas, o projeto superou a marca de 500 jovens impactados.

Os jovens, motivados por estatísticas da Endeavor em que comprova-se que 76% dos empreendedores dos brasileiros querem empreender, mas só 9% se sentem preparados, e também por dados do SEBRAE, que afirma que 60% dos empreendedores possuem entre 18 e 39 anos, não tiveram dúvidas que esse sonho poderia transformar o empreendedorismo catarinense. O Movimento Empresa Júnior engloba, atualmente, 600 empresários juniores que impactam a nossa sociedade.

O SEBRAE acredita no potencial dos jovens de Santa Catarina e no Movimento Empresa Júnior, e não mediu esforços para ajudar na viabilização do projeto. E hoje, após a finalização do projeto, os resultados fazem acreditar que o evento foi um sucesso.

Na passagem por 15 cidades catarinenses, sendo 10 instituições de ensino diretamente impactadas, sem contar as diversas reuniões com o representantes públicas das respectivas cidades e outros movimentos jovens no estado.

Durante o evento, criou-se o chamado “Desafio SEBRAE de Empreendedorismo”, que propiciou a reflexões dos jovens participantes. O desafio consistia em montar um quebra-cabeça complexo em 5 minutos, sem nenhuma ajuda dos ministrantes do evento. Parece difícil? Pois é! A ideia é mostrar aos participantes que, assim como montar um quebra-cabeça, empreender não é uma tarefa fácil, mas com orientação e mentoria essa jornada pode ser facilitada.

Com certeza, o Concurso Estadual de Plano de Negócios para Universitários é uma grande chance não só para os empresários juniores, mas para todos os universitários do nosso estado. Ter a oportunidade de receber toda a orientação que é oferecida no Concurso e poder lapidar a sua ideia para que ela saia do papel mais estruturada, é uma grande e excelente oportunidade!