Reza a lenda que ouvir música clássica com frequência ativa os genes associados à função cerebral e de alguma forma, aumenta a inteligência. Se isso é verdade, não sabemos. O que sabemos é que a música é um recurso bastante útil para se sentir bem, relaxar as tensões, inspirar novas ideias e até destravar a criatividade.

Trabalhar com música pode ser ainda mais positivo para a sua produtividade, basta descobrir os gêneros que mais estimulam o seu dia a dia. Antes que você comece a analisar os efeitos de sua playlist favorita, conheça o gosto musical de uma das personalidades mais inspiradoras do mundo do empreendedorismo: Steve Jobs, cofundador da Apple.

Em 2011, pouco antes de sua morte, Jobs mostrou seu perfil no Ping, um projeto de rede social que foi criado pela Apple e interrompido no ano seguinte. De acordo com o site Death and Taxes, que republicou a curiosidade, são essas as canções do gênio Jobs:

1. “Imagine” (John Lennon)

2. “Hard Headed Woman” (Cat Stevens)

3. “Highway 61 Revisited” (Bob Dylan)

4. The Goldberg Variations (Johann Sebastian Bach)

5. “Truckin” (The Grateful Dead)

6. “Late for the Sky” (Jackson Browne)

7. “Blue in Green” (Miles Davis)

8. “Beast of Burden” (The Rolling Stones)

9. “Won’t Get Fooled Again” (The Who)

10. “Blowin’ in the Wind” (Peter, Paul & Mary)