No livro “Hábitos ricos: os hábitos diários de sucesso de indivíduos endinheirados”, Tom Corley lista alguns hábitos que distinguem os ricos das pessoas normais. Segundo ele, uma boa maneira de se ter sucesso ao empreender e guardar dinheiro é se espelhar no que a parte mais abastada da população faz.

Quer seguir o mesmo caminho dos milionários? A revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios reuniu dez desses hábitos para você aplicar em seu dia a dia:

Crie metas
Empreendedores de sucesso adoram metas, de acordo com Corley. Eles traçam objetivos no curto, no médio e no longo prazo. Um hábito comum é fazer uma lista de tarefas do que deve ser feito no dia seguinte. Além disso, é comum que os mais abastados estabeleçam metas semanais, mensais e até anuais. Vale ressaltar que não basta só colocar o que você quer conquistar em um papel – ao criar um objetivo, pense em um plano para concretizá-lo.

Cuide da saúde
Corley diz que quase a totalidade dos empreendedores milionários se exercita. O raciocínio, segundo o especialista, é simples: quem não precisa se preocupar com dinheiro até o fim da vida quer aproveitar, pelo máximo de tempo possível, o que tem. Ter alimentação saudável e uma higiene apropriada, além de ir ao médico regularmente, também são práticas importantes.

Dedique um tempo para o networking
Empreendedores bem-sucedidos se relacionam o tempo todo. Eles reservam uma parte de seu dia para fazer contatos ou manter pessoas importantes por perto. Corley recomenda que o horário de almoço seja usado, exclusivamente, para esse tipo de relacionamento. Se não for possível, aproveite ao máximo os eventos em que estiver presente.

Aproveite com moderação
Excessos não combinam com os ricos do livro de Corley. Ou seja, é necessário beber, comer e trabalhar com moderação.

Não procrastine
Se você pode realizar uma tarefa hoje, não a deixe para amanhã. Todos têm assuntos difíceis a resolver, mas empreendedores de sucesso fazem o possível para superá-los. Ao não procrastinar, o empreendedor não acumula trabalho e consegue balancear melhor o cronograma.

Seja otimista
Corley recomenda um exercício: pense na pessoa mais bem-sucedida que você conhece. Ela é otimista ou pessimista? O especialista não lê seus pensamentos, mas supõe que você pensou em um indivíduo entusiasmado, com energia e um sorriso estampado na cara. De acordo com o americano, devemos ter uma atitude positiva com relação à vida. Assim, encaramos um problema como uma oportunidade.

Não torre sua grana
O autor afirma que quem é rico economiza entre 10% e 20% dos ganhos. O dinheiro vai para a poupança, investimentos ou um plano de previdência privada. Se você não guarda tudo isso – ou nada – é melhor fazê-lo. Para Corley, tal porcentual pode ser atingido ao cortar gastos supérfluos, como idas excessivas ao restaurante ou roupas caras demais.

Desligue a TV e vá ler um livro
Corley diz que é comum, entre os mais ricos, limitar o tempo frente à TV a uma hora diária. Ou menos. A leitura, por outro lado, é comum – por meia hora ou mais. Para os mais abastados, cada segundo é precioso. Por isso, vale mais a pena ler algo edificante do que assistir a algo nem sempre inteligente.

Fale menos e escute mais
É simples: ao ouvir, você aprende. Ao abrir a boca e falar demais, você pode se comprometer.

Não desista
Para chegar ao topo, empreendedores bem-sucedidos escalaram uma montanha – e é provável que tenham tropeçado ali e acolá. A diferença entre eles e os fracassados é que eles não desistem. Eles mudam de negócio, tentam algo novo e procuram ajuda. Por isso, se preciso, mude de direção, mas ande sempre para a frente.