Você já ouviu fitas de sessões musicais?

Além de divertidas, elas podem nos ensinar muito sobre como ideias revolucionárias acontecem.

As fitas de sessões musicais começam a serem gravadas a partir do momento que os músicos entram no estúdio até a hora que saem. Além das canções, são capturados todos os movimentos dos artistas, desde suas experimentações, erros, dificuldades e até atrasos a serem resolvidos: 99% da gravação é lixo.

Em um ponto das gravações dos Beatles, por exemplo, é possível ouvir o McCartney derrubar um copo de água e John Lennon repetir quatro vezes cantando, “Paul derrubou um copo”. Mas você também poderá ouvir eles criando outros números, como o que seria o começo de Fool on the Hill.

A coisa mais incrível das fitas é que você pode ouvir a reação das experimentações, na maioria das vezes negativa. No entanto, há sempre os acertos: uma vez que Frank Sinatra termina a tomada é possível ouvi-lo dizer “Próxima”. Como se dissesse que ela já está ótima e agora eles têm outra canção para aperfeiçoar.

E quais são as lições que você pode aprender com seus artistas preferidos?

Documente cada pequeno passo que você tomar independente da jornada que estiver. Use gravações de áudio, vídeos, textos no computador ou papel e caneta.

Anotações são um arsenal de conhecimento, com elas você acompanha o que está aprendendo e onde está errando. As experimentações registradas podem parecer bobas na hora, mas futuramente podem se tornar grandes ideias. Faça o exercício de anotar e reler seus pensamentos e progressos.

Fonte: Inc.com