Alguns artistas estão buscando formas alternativas de levar sua música para os fãs, além do download de MP3 e do streaming (Spotify, Rdio). Se inspire com exemplos inovadores e eficientes de vender:

1. Wu-Tang Clan
A prática de lançar versões limitadas de discos, com músicas exclusivas e mais fotos, atingiu seu ápice em março, quando o Wu-Tang Clan anunciou que lançaria uma cópia só do seu novo disco, chamado Once Upon a Time in Shaolin. Antes de vender, o álbum vai rodar o mundo em museus e exposições de arte. Depois, a banda venderá a quem pagar mais. Um grupo de fãs já juntou US$ 5 milhões para comprá-lo.

2. Jack White
Para divulgar seu novo álbum Lazaretto, o guitarrista Jack White se trancou em abril em um estúdio da gravadora ThirdMan Records com dezenas de fãs para um show exclusivo. Enquanto os fãs curtiam um segundo show, a gravação de White era prensada em LPs, que poderiam ser comprados ao fim do dia. Ao diminuir o tempo médio de comercialização de um show de meses para horas, o evento levou White ao livro dos recordes.

3. Neil Young
Insatisfeito com a proliferação do MP3, Neil Young aventou a possibilidade de criar seu próprio player em 2012, quando recebeu US$ 500 mil de investidores. Com o protótipo do Pono (“justo”, em havaiano) em mãos, recorreu ao site de crowdfunding Kickstarter no começo do ano: em um mês, levantou US$ 6,2 milhões entre seus fãs. O Pono, um gadget triangular, deverá chegar ao mercado até o final do ano custando US$ 399.

4. Foo Fighters
Gravar um disco é um processo bastante íntimo que fica longe dos olhares dos fãs. A não ser que você seja David Grohl. O líder do Foo Fighters vai dirigir um reality show documentando a gravação do próximo disco da banda por oito estúdios lendários pelos EUA. Com a ajuda da agenda de contatos de Grohl, o reality show também mostrará músicos consagrados, como Paul Stanley, do Kiss, falando da importância de cada um dos estúdios. Programada para ser exibida pelo canal pago HBO no fim do ano, a série deverá aumentar o interesse do público em geral até o lançamento do disco.

Plano de Marketing

Um bom marketing vai muito além de fazer propaganda ou apenas ser inovador e pensar fora da caixa. Com uma pesquisa aprofundada e avaliação é possível criar uma estratégia, investir no mercado adequado, evitar promoções ineficientes e serviços desnecessários.

“Marketing é a arte de descobrir oportunidades, desenvolvê-las e lucrar com elas. É a ciência e a arte de conquistar e manter clientes, desenvolvendo relacionamentos lucrativos.” (Kotler, 1999)

Em seu Plano de Negócio, você terá que definir o Plano de Marketing, com produtos e serviços, estratégias promocionais e estrutura de comercialização do seu negócio.

Durante o desenvolvimento do documento, é importante incluir análises sobre as influências externas no seu negócio, estratégias de sucesso dos concorrentes, definir como o consumidor compra e como os fornecedores negociam, isso tudo dentro dos limites e regras definidas pelo governo para seu segmento.

Fonte: Época Negócios