Se tornar rico não é fácil, e também não existe investimentos milagrosos, nem uma fórmula perfeita para chegar ao sucesso. Infelizmente, não vivemos na novela das nove e precisamos trabalhar duro se quisermos alcançar algo. Há muitos empresários bem sucedidos que são exemplos de superação. Conheça as histórias de sucesso:

1)      Edson Bueno

Depois de perder o pai com 5 anos de idade, teve que trabalhar como engraxate e vendedor de frutas para ajudar a família. Com dificuldades na escola, reprovou quatro vezes durante o primário. Sua vida começou a mudar quando sofreu um acidente e foi atendido pelo único médico de Guarantã, Dr. Moacir. Se encantou pela profissão e, lutando contra todas as dificuldades se formou em medicina. Seu primeiro emprego foi em um hospital em Duque de Caxias, na época, uma das cidades mais pobres e carentes do Brasil. Resolveu tornar-se sócio daquele pequeno hospital quase falido, e fez uma série de mudanças para tentar reverter a situação. De 50 partos por mês, a Casa de Saúde São José passou a fazer mais de 500. Inspirado por uma notícia do jornal, Edson Bueno decidiu vender planos de saúde para a classe média carioca. E foi assim que surgiu a Amil, uma das maiores operadoras de planos de saúde do Brasil, com uma receita de cerca de 2 bilhão de reais.

2)      Thai Quang Nghia

Fugiu do Vietnã, aos 21 anos, em busca de liberdade e um novo horizonte de possibilidades. O país naquela época vivia um regime político autoritário, uma realidade dura para jovens cheios de ideais e esperança de um futuro melhor. Em 1979, um petroleiro da Petrobras encontrou um barco de pesca em alto mar no sudeste asiático. Resgatado pelo navio, chegou ao Rio de Janeiro sem falar português e foi morar nas favelas da cidade para, depois, se mudar para albergues paulistanos. Durante todo esse tempo, sua única renda eram os 50 dólares mensais que recebia da ONU como auxílio a refugiados. Thai aprendeu nosso idioma lendo dicionários de francês-português em bibliotecas públicas. Quatro anos após sua chegada, ingressou na Universidade de São Paulo (USP). De aluno passou a empreendedor, quando em 1986 fundou o Grupo Domini, empresa na qual utilizou materiais reciclados para a produção de calçados e acessórios de Pneus. Em 2007, o faturamento da empresa foi de R$ 50 milhões.

3)      Samuel Klein

Nascido na Polônia, Samuel Klein foi preso aos 19 anos pelos nazistas e mandado com o pai para o campo de concentração de Maidanek. Sua mãe e cinco irmãos mais novos foram para o campo de extermínio de Treblinka, e Samuel nunca mais os viu. Aproveitando-se de uma distração dos guardas, Samuel conseguiu fugir do campo de concentração, permanecendo na Polônia até acabar a guerra. Em 1952 veio para o Brasil e estabeleceu-se em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo com a família. Foi quando começou a trabalhar como comerciante. Tornou-se mascate, vendendo roupas de cama, mesa e banho de porta em porta, usando uma charrete. Quando alguém dizia que não podia pagar, Samuel logo lhe oferecia condições: ficar com o produto e pagar em prestações, tudo no crediário. Em cinco anos de dedicado ao trabalho, conseguiu capital para comprar uma pequena loja, que chamou de Casa Bahia, em homenagem a seus fregueses, em sua maioria retirantes baianos vindo tentar a sorte na região. Hoje as Casas Bahia tornaram-se uma das maiores redes de varejo do País, com faturamento anual de R$ 12,5 milhões.