Em comemoração ao Dia do Rock, conheça o lado empreendedor de alguns ídolos:

 

Bruce Dickinson

Bruce-Dickinson

 

Dickinson é muito mais do que o vocalista de uma das maiores bandas de metal do mundo, o Iron Maiden. O britânico também é piloto de avião, historiador, esgrimista, radialista, roteirista e diretor de marketing. Em uma palestra no Campus Party desse ano, em São Paulo, ele deu uma dica valiosa para quem tem vontade de empreender e alcançar o sucesso: conquiste seu público e os transforme em fãs, façam eles amarem o que você faz. Coisa que o Iron Maiden sabe muito bem como fazer.

Gene Simmons

Gene+Simmons

 

O Kiss não é somente uma banda, mas também uma marca – das mais rentáveis do mundo. E o responsável por todo esse sucesso é seu baixista, Gene Simmons. Por causa dele, a banda tem uma lista de produtos em qualquer área possível. Sim, qualquer área possível. A banda tem até um time de futebol, chamado Los Angeles Kiss. Além disso, o baixista ainda comanda uma produtora, gravadora e uma agência de marketing, responsável pelo campeonato de Fórmula Indy.

Em uma entrevista à revista Rolling Stone, ele disse o seguinte:

“É difícil para as pessoas entenderem porque elas foram envenenadas pela ideia de que estrelas do rock são estúpidas. (Mick) Jagger é bem esperto. Muito poucos são. Se não fosse por suas guitarras, eles estariam perguntando: fritas acompanham, senhor? ” .

Chester Bennington – o vocalista do Linkin Park fundou o estúdio de tatuagem Club Tattoo em 1995. Hoje, já são cinco unidades em todo os Estados Unidos.

Paul McCartney – Há mais de 40 anos, o baixista dos Beatles criou a MPL Communications. A empresa é uma das maiores editoras de música e possui uma lista de extensa de materiais protegidos por Direitos Autorais.

Travis Barker – O ex-baterista do Blink 182 criou uma linha de roupas influenciada pelo estilo skatista, chamada Famous Stars and Straps. Ele ainda possui um restaurante, uma gravadora de discos e já desenhou sua própria linha de tênis para a DC Shoes.